Questões Em Geral

[ Fórum desenvolvido para resolução de questões de temas destinados aos Vestibulares/ENEM ]


Projeções Cartográficas

Compartilhe
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 10
Data de inscrição : 14/03/2015

Projeções Cartográficas

Mensagem por Admin em Qui Mar 26, 2015 11:11 pm

EXERCÍCIOS PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS.
-----------------------------------------------

a) Quais são as características das projeções cônicas e cilíndricas? Para qual tipo de finalidade elas são geralmente usadas?

b)[UERJ – adaptada]

BILL, watterson. Calvin e Haroldo: Yukon ho! São Paulo: Conrad, 2008

Na tirinha, Calvin e o tigre Haroldo usam um globo terrestre para orientar sua viagem da Califórnia, nos Estados Unidos, para o território do Yukon, no extremo norte do Canadá. Considerando as áreas de origem e destino da viagem pretendida, nota-se que o tigre comete um erro de interpretação no último quadrinho.
Esse erro mostra que Haroldo não sabe que o globo terrestre é elaborado com base no seguinte elemento da linguagem cartográfica:
1) escala pequena
2) projeção azimutal
3) técnica de anamorfose
4) convenção equidistante
5) projeção cônica

c)[PUC-PR] Observe com atenção o mapa abaixo


O planisfério foi elaborado cartograficamente por meio da Projeção de Gall-Peters, concebida inicialmente por James Gall no final do século XIX e retomada por Arno Peters a partir da metade do século seguinte, cujo contexto político-econômico fortemente o influenciou para o desenvolvimento desse mapa.
Assinale a alternativa cuja característica corresponde ao mapa de Gall-Peters:

1) Trata-se de uma projeção equivalente que objetiva representar um retrato mais ou menos fiel do tamanho das áreas, o que faz a África e a América do Sul ganharem mais destaque do que quando representadas na Projeção de Mercator.
2) Corresponde a uma projeção do tipo cônica, que distorce as áreas situadas nas baixas latitudes e torna mais fiel a representação das regiões de média e elevada latitudes.
3) É uma projeção cuja principal qualidade está no respeito às formas dos continentes, procurando representá-las com fidelidade, ao contrário das áreas que são mostradas de maneira desigual, sendo maiores próximas aos polos e reduzidas na faixa intertropical.
4) A disposição perpendicular da rede de paralelos e meridianos nesse mapa revela que a projeção de Gall-Peters é do tipo azimutal ou polar.
5) Peters, que retomou a elaboração dessa projeção durante o período da “Guerra Fria”, procurou ressaltar no mapa, a partir da representação das dimensões das áreas, a superioridade dos Estados Unidos sobre as demais porções do globo.

d)[UNICAMP] Abaixo é reproduzido um mapa-múndi na projeção de Mercator.

Mapa com a Projeção de Mercator

É possível afirmar que, nesta projeção:
1) os meridianos e paralelos não se cruzam formando ângulos de 90°, o que promove um aumento das massas continentais em latitudes elevadas.
2) os meridianos e paralelos se cruzam formando ângulos de 90°, o que distorce mais as porções terrestres próximas aos polos e menos as porções próximas ao equador.
3) não há distorções nas massas continentais e oceanos em nenhuma latitude, possibilitando o uso deste mapa para a navegação marítima até os dias atuais.
4) os meridianos e paralelos se cruzam formando ângulos perfeitos de 90°, o que possibilita a representação da Terra sem deformações.

e)[UESC] Os conhecimentos sobre projeções cartográficas e uso de mapas possibilitam afirmar:
1) A projeção azimutal fornece uma visão eurocêntrica do mundo e, por isso, ela não é mais utilizada.
2) As distorções da representação, nas projeções cilíndricas, são maiores no Equador e menores nos polos.
3) A projeção de Peters é a única que não pretende privilegiar nenhum continente, porque ela reproduz rigorosamente a realidade.
4) A projeção cônica só pode ser utilizada para representar grandes regiões, porque as distorções são pequenas entre os trópicos, não representando, portanto, a realidade das áreas mapeadas.
5) As projeções cartográficas permitem que, na construção dos mapas temáticos, os meridianos e os paralelos terrestres sejam transformados de uma realidade tridimensional para uma realidade bidimensional.

f)[FUVEST] Analise os mapas abaixo e assinale a alternativa que indique a resolução cartográfica MAIS ADEQUADA para representar, com precisão, as distâncias da cidade de São Paulo em relação às várias localidades do mundo.


1) I - Projeção Azimutal Eqüidistante (Soukup).
2) II - Projeção Cilíndrica Conforme (Mercator) III - Projeção Equivalente Interrompida (Good).
3) IV - Projeção Equivalente (com base em Mollweide).
4) V - Projeção Cilíndrica Equivalente (Peters).

g)[UFSCAR] A figura é uma proposta de representação cartográfica, defendida pelo administrador de empresas Stephen Kanitz.

(Um mapa verdadeiramente brasileiro. Disponível em: www.kanitz.com.br/Brasilmapa.htm. Acessado em 28.07.2008.)

Pode-se afirmar que ela se fundamenta numa projeção cartográfica:
1) possível, mostrando que a escolha dos referenciais cartográficos tem componentes político-ideológicos.
2) impossível, pois omite as nações mais ricas do globo, que detêm o poder político, econômico e militar.
3) viável, pois embora invertida, não incorre em deformações na representação da superfície da Terra.
4) correta, pois se utiliza da projeção cilíndrica de Peters para dar ênfase ao hemisfério meridional.
5) incorreta, pois não respeita as normas básicas da projeção de Mercator, a mais correta das projeções.

h)[MACK modificada] De acordo com a representação cartográfica abaixo, é possível inferir que:

http://www.grida.no/prog/global/cgiar/images/twat.gif

1) Trata-se de uma projeção “cilíndrica conforme”, que representa a realidade espacial com extrema fidelidade,
graças às novas tecnologias.
2) Corresponde a uma abordagem cartográfica que contraria as tradicionais visões eurocêntricas, com amplo
destaque aos países do Sul, subdesenvolvido.
3) Traduz a nova configuração de uma ordem multipolar, em que os países que compõem o BRICS aparecem com
amplo destaque, proporcional à sua importância econômica.
4) Exemplifica a projeção de Peters, em que se podem ver os países em relação ao seu peso demográfico
5) Demonstra uma distorção deliberada, chamada anamorfose, em que podemos diferenciar os países de acordo
com seus recursos hídricos.

    Data/hora atual: Seg Ago 21, 2017 5:15 am